sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas

Hoje o Pedro trouxe um baú misterioso para a Casa do Folhas. O que seria? 
Era uma história que se chamava "A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas", da escritora Luísa Ducla Soares, da Editora Livros Horizonte. Este livro é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura e é em verso.
Esta é a história de um rei que tinha um enorme tesouro e que teve um brilhante ideia, criar uma biblioteca.
 
A Auxiliar Maria João foi a ajudante do Pedro, quando a Sala Verde veio ouvir a história. Aqui está a Educadora Margarida e os seus meninos.
A rainha não achou boa ideia gastar-se tanto dinheiro numa biblioteca, ela queria um palácio com dez torres de marfim.
 
Mas estes são os meninos da Sala Amarela, da Educadora Susana! Também vieram visitar-nos!
E não foram os únicos, a Sala Encarnada, da Educadora Leonor também veio.
Todos ficaram a saber que a vaidosa princesa queria que o rei usasse a sua fortuna em mil metros de seda para levar à costureira.
Aqui, com a Sala Encarnada, o Pedro teve a preciosa ajuda da Inês.
O príncipe, um pouco mais violento, preferia um batalhão para combater, que era o seu passatempo favorito.
Todos assistiram à vinda de um gigante que não se sabia porque apareceu ali.
 
Sabem quem era? Era o Morcego! Será que vinha juntar-se às traças que faziam mal ao livros?
Não, o Morcego e a Fada Palavrinha ficaram os dois a cuidar da Biblioteca do Rei.
No final, os meninos tiveram uma prenda muito especial. Receberam um marcador de página com personagens da história, desenhados pela Professora Olga da EB 2,3 da Venda do Pinheiro
 
Estes meninos da Sala 1, da Professora Susana foram os últimos meninos a ouvirem a história e parecem gostar de ouvir histórias e de visitar a Casa do Folhas.

Meninos, gostaram desta história? Que tal deixarem um comentário?  

2 comentários:

Galega Encarnada disse...

A história foi muito bonita e eu, a Galega Encarnada mais velha da sala, gostei muito. Segunda-feira lá saberei do que gostaram mais os meninos, pois hoje não deu tempo para falar disso. É que de seguida temos de fazer o sorteio dos meninos que levam os livros para casa (as mochilas não chegam para os pedidos!).
Obrigado.

Galega Encarnada disse...

Ah! Sem esquecer a mãe do Pedro, que é uma grande costureira!