domingo, 26 de junho de 2011

E A MINHA SURPRESA É... ÚLTIMA SESSÃO DESTE ANO LECTIVO!

Pois é, amiguinhos, chegámos ao final de mais um ano de muito estudo e de belas experiências de aprendizagem!

Aqui ficam as últimas apresentações deste ano.

Já sabem que estes trabalhos são feitos por pequenos grupos de meninas e meninos que se dirigem à biblioteca, manifestando à A. e ao Folhas vontade de elaborar, a partir das suas próprias ideias, pequenos projectos de trabalho.

E, a pouco e pouco, à hora dos intervalos, o trabalho vai-se desenvolvendo e as ideias vão tomando forma!

Aqui ficam os registos do dia D, o dia em que os grupos apresentaram aos colegas os seus trabalhos.

A primeira apresentação foi de um grupo de três amigas da Sala 3, a A.a, a J. e a R.. Elas construíram um texto intitulado A PAZ.

Para o apresentar tiveram a ideia de fazer o Jogo da Raposa Matreira, que consiste em se detectar as palavras erradas e, no seu lugar, colocar as palavras certas.

Aqui está a "solução", o texto correcto da autoria das três amigas:
Aqui está o texto com palavras que era preciso substituir...
Quando se acertava numa palavra correcta, aparecia esta mensagem:
 

A seguir, outro grupinho de três amigos da Sala 6a I., o N. e o R., partilhou com os colegas o seu projecto, em que o texto, os desenhos e as vozes são da sua autoria.

video

O texto deles é assim:

Na primavera
passeio debaixo das árvores
e levo comida para merendar.
Sento-me à beira do lago
regalado, a comer um gelado.
O aroma das flores vem até mim
e chama os insectos
(mas confesso
que não gosto deles muito por perto).
Prefiro outros animais!
Animais,
que podem ser passarinhos
que nascem em ninhos.
Conheço um ninho
perto daquele lugar
onde o arco-íris, no céu,  começa a navegar.
É aí que me encosto num arbusto
a ver o sol a brilhar…
E, se fosse às dunas no deserto, adoraria olhar o luar!
Quando estou na praia vejo o mar
e os caranguejos a passar.
Também me ponho a imaginar
se os legumes darão para fazer perfumes…
No meu jardim
deito-me na relva a apanhar ar fresco,
enquanto vejo mamíferos ao longe a pastar
(porque os meus olhos já estão a fechar).

Pessoas, plantas e animais
fazem parte dos habitantes da Terra.
Gostava de fazer uma graaannnde viagem de lambreta
Porque… eu amo o meu planeta!

Por fim, outro grupo de amigas da mesma sala, a A., a B.z e a C. construíram um texto com sabor a férias e apresentaram-no com "um cheirinho" a teatro... O cenário foi todo imaginado e construído em cima de uma mesa da biblioteca.

Aqui fica a gravação possível, feita "na hora"... Obrigada ao professor F.!

video

Esta é a folha com o texto a as nossas marcações, para que tudo corresse bem!


O texto das três amigas é assim:

Tenho
uma mala da praia com um desenho:
um sol brilhante
como um diamante
e o mar azul.
Quando vou à praia ponho a mala ao ombro
e lá dentro levo
a toalha, o balde e a pá.
Gosto do desenho da minha mala da praia!

Faço montões e buracos,
adoro escavar sem parar, à beira-mar.
Descubro, a brincar,
que na areia fininha há mil uma pedrinhas
que nem se conseguem contar!...

 Na praia eu uso chapéu.
Gosto de me sentar a relaxar
debaixo do guarda-sol
que me protege do sol.
Trago água no meu balde,
e ponho a bóia para nadar,
na piscina ou no mar.
E quando o calor é pesado
Sabe bem comer gelado...

Na praia gosto de ter amigos com quem brincar.
Nós, as crianças gostamos de chapinhar
e de usar braçadeiras quando queremos ir nadar.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um excelente trabalho e uma excelente iniciativa a que a sala 6 nos tem habituado.
Olhe-se bem para a Sra. Professora que os acompanha na iniciativa e apercebam-se daquele "jeito" para se lidar com crianças, que não se aprende nos manuais nem nos cursos, mas que algumas pessoas têm, simplesmente porque são talhadas para ensinar.

Parabéns a todos, incluindo ao Prof. Francisco Raposo, outro que nasceu para ensinar.

RG

voo do tapete disse...

Que pena não sabermos quem nos deixou estas amáveis palavras!

Agradecemos a visita e o comentário!

Volte sempre!

Obrigada!

Ana, Folhas e Sala 6